A Polícia Civil do Estado do Tocantins por meio da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc - Palmas) realizou na manhã desta sexta-feira, 19, a incineração de aproximadamente R$5 milhões em entorpecentes. A ação é uma iniciativa das forças policiais contra o tráfico de drogas na região.

 

Entre as substâncias incineradas estavam maconha, cocaína e crack, configurando uma das maiores queimas de cocaína já registradas no Estado do Tocantins. O delegado Alexander Pereira da Costa, responsável pela ação, explica que o volume expressivo de drogas destruídas demonstra o comprometimento das autoridades locais em combater o tráfico e desmantelar as organizações criminosas envolvidas nesse tipo de atividade ilícita.

 

“A incineração desses entorpecentes faz parte de um esforço contínuo das forças de segurança para manter a ordem pública e proteger a população contra os danos causados pelo consumo e tráfico de drogas. A Polícia Civil por meio da Denarc reafirma seu compromisso em combater o crime organizado e garantir a segurança e o bem-estar dos cidadãos", destaca o delegado.

 

A ação contou com a participação de representantes da 13ª promotoria do Ministério Público, Polícia Técnica, Polícia Científica, Vigilância Sanitária e Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote).  

Deixe seu comentário:

Estado

Grande parte dos investimentos do Instituto de Previdência Social de Palmas (Previpalmas) está concentrada em fundos de títulos públicos federais e t&i...

Na manhã deste sábado, 25, moradores das quadras Arnos 31 (303 Norte), 32 (305 Norte), 33 (307 Norte), 41 (403 Norte), 42 (405 Norte) e 43 (407 Norte) já gar...

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 80ª Delegacia de Polícia de Novo Acordo, concluiu um inquérito policial e indiciou um homem de 33 anos pela pr&...