As exportações do Tocantins fecharam 2020 registrando um volume de vendas de R$ 7,182 bilhões (US$ 1,361 bilhões). Os dados foram publicados nesta quarta pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia. Na última segunda, o Ministério já havia divulgado o superávit da balança comercial brasileira de R$ 50,9 bilhões.

As vendas dos produtores tocantinenses no ano passado foram 22,9% superiores ao comercializado em 2019, revertendo o déficit da balança comercial registrado entre 2018/2019 de 7,8% negativos. No ano passado as exportações elevaram-se a US$ 1,110 bilhões (R$ 5,8 bilhoes na cotação do dólar desta quarta).

O Estado, por outro lado, importou o equivalente a R$ 1,3 bilhões (US$ 253,8 milhões) gerando um superávit na balança comercial estadual de R$ 5,964 bilhões (US$ 1,111 bilhões).

A soja foi o carro-chefe das exportações com um volume de R$ 4,6 bilhões ( US$ 862 milhões), que correspondem a 64% de todas as exportações. Em segundo lugar vieram os frigoríficos que exportaram (carnes) no valor de R$ 1,715 bilhões (US$ 325 milhões), que representam 24% de todas as exportações.

A carne, por sinal, foi o produto tipo exportação que registrou, em termos relativos, o maior crescimento em 2020 comparando 2019. Os produtores exportaram em 2020 cerca de 83% a  mais do que comercializado no ano anterior. A soja veio em segundo no índice de crescimento de um ano para outro: 12,9%.

Deixe seu comentário:

Ponto Cartesiano

A Secretaria de Saúde fez circular nota na noite de ontem pretextando afastar “quaisquer” riscos de desabastecimento nos hospitais (leitos de UTIs) de pac...

O Fisco estadual conseguiu colocar nos cofres públicos de 1º a 20 de janeiro o equivalente a R$ 234 milhões e 549 mil de arrecadação de ICMS....

Política pura: a bancada de congressistas do Estado que quedou-se literalmente em silêncio (ou não tomou qualquer medida em oposição) quando Jai...