Em decorrência da operação Crazy Horse, executada na manhã desta sexta-feira, 26, em Gurupi, a 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª DENARC) da Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual do Tocantins apreenderam nesta tarde, numa residência no Distrito de Luzimangues, em Porto Nacional, 1 quilo e 970 gramas de cocaína, 690 gramas de crack, mais 11,150 kg de maconha, balanças de precisão e rolo plástico para embalar as drogas.

 

Segundo o delegado-chefe da 1ª DENARC, Enio Walcácer, a apreensão foi possível após o depoimento do investigado preso nesta manhã. Conforme relatado ao Delegado, o homem mantinha a casa para fazer a estocagem da droga que chegava de Goiânia para ser comercializada. As investigações, agora, vão prosseguir para identificar a rede de apoio ao investigado preso hoje, incluindo quem mantinha e cuidava da casa em Luzimangues.

 

Deixe seu comentário:

Estado

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou ofício nesta quarta-feira, 14, que será encaminhado à Agência Nacional de Vig...

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou nesta quarta-feira, 14, de uma reunião virtual entre os governadores dos nove estados do Con...

O Pleno do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) acatou requerimento do Ministério Público de Contas (MPC/TO) e determinou uma ins...