Dando continuidade ao plano de enfrentamento à Covid-19, a Prefeitura de Palmas segue intensificando as ações de fiscalização em conjunto com as forças de segurança neste final de semana, em todas as regiões da Capital. E assim como ocorreu na semana passada, o acesso à Praia da Graciosa volta a ser fechado durante o sábado, 27, e no domingo, 28, das 15 às 20 horas.

Para evitar o acesso do público à orla da praia, os agentes de Trânsito e Transporte estarão nas imediações da Praia garantindo o fechamento programado com o uso de cones e barreiras, além do controle do acesso à localidade que será permitido somente aos moradores.

As medidas obedecem às últimas normativas publicadas no Diário Oficial do Município (DOM), e, diante do momento crítico por conta da crescente taxa de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19), a operação conjunta segue atenta às aglomerações em pontos comerciais distribuídos pela cidade. Principalmente nos locais mais propícios para a realização de festas, como bares, casas de shows e distribuidoras de bebidas.

As equipes também estarão de prontidão para o recebimento de denúncias de perturbação do sossego público em festas clandestinas privadas que possam vir a ocorrer, sejam em residências, chácaras ou clubes. Denúncias de irregularidades podem ser acionadas no 153 (Guarda Metropolitana de Palmas) e 190 (Polícia Militar).

Operação

A operação é comandada pela Diretoria de Fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento e Serviços Regionais (Sedusr) e pela Vigilância Sanitária (Visa), com o apoio dos agentes de Trânsito e Transporte, da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) e Polícia Militar (PM).

Deixe seu comentário:

Estado

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou ofício nesta quarta-feira, 14, que será encaminhado à Agência Nacional de Vig...

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou nesta quarta-feira, 14, de uma reunião virtual entre os governadores dos nove estados do Con...

O Pleno do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) acatou requerimento do Ministério Público de Contas (MPC/TO) e determinou uma ins...