O reajuste nos combustíveis já provocou resultados na arrecadação de ICMS no Estado. De 1º a 12 de janeiro (sexta-feira), o setor havia sido o responsável pelo recolhimento de R$ 58 milhões e 514 mil dos R$ 204 milhões já arrecadados pelo governo no período. As bombas de gasolina representavam, assim, 28,4% do ICMS.

Em menos de duas semanas do mês, o auditores fiscais colocaram nos cofres públicos 78% da meta estabelecida pela Secretaria da Fazenda para desempenho do mês. A meta é de R$ 259,5 milhões nos 28 dias de fevereiro.

 

Deixe seu comentário:

Ponto Cartesiano

Os deputados retomam a discussão sobre a criação de novos municípios no Estado.  Extraindo a inoportunidade do debate (Estado deve registrar nes...

O governo vai pagar os salários de fevereiro do funcionalismo no sábado. Segue o compromisso mantido por Mauro Carlesse desde a interinidade no governo até hoj...

Se tem algo indiscutível no governo é o desempenho da Secretaria da Fazenda, por intermédio do Fisco, na arrecadação tributária. O set...