Em Manaus, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresenta, na manhã de hoje (11), ações de reforço ao plano de contingência para enfrentamento da covid-19 no estado do Amazonas.

De acordo com o Ministério da Saúde, Pazuello deve anunciar esforços que vão da reorganização do atendimento nos postos e hospitais ao recrutamento de profissionais de saúde. Também deve anunciar a abertura de leitos de UTI e o envio de equipamentos, insumos e medicamentos. À tarde, o ministro

Covid no Amazonas

Na última quinta-feira (7), o governador do Amazonas, Wilson Lima, prorrogou por mais 180 dias (seis meses) o estado de calamidade pública no Amazonas, depois que hospitais do estado voltaram a ficar lotados com pacientes de covid-19. Na sexta-feira (8), o estado confirmou a morte de mais 54 pessoas pela doença, sendo que 43 delas faleceram nas últimas 24 horas.

Segundo dados da Fundação de Vigilância Sanitária do Amazonas (FVS-AM), o estado soma 212.996 casos confirmados, com 5.669 óbitos. A média móvel, que é a média de mortes nos últimos sete dias, chegou a 32 na sexta-feira (8). Um mês antes, em 8 de dezembro, o índice era de 10 mortes.

Deixe seu comentário:

Nacional

A Justiça Federal do Amazonas suspendeu a distribuição, em Manaus, da vacina contra covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com a far...

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (27) uma operação para combater o desmatamento ilegal de Floresta Amazônica.  Poli...

O Ministério da Economia suspendeu, até 31 de março, a exigência do recadastramento de aposentados e pensionistas da administração fed...