Como havia antecipado este blog ontem, a partir de cálculos tendo com régua os números da segunda-feira, a Secretaria da Fazenda arrebentou a boca do balão na arrecadação de ICMS no mês de novembro. Os dados são da Secretaria da Fazenda nesta quarta.

Os auditores colocaram nos cofres públicos nada menos que R$ 445 milhões do imposto no mês. Ou seja, R$ 91 milhões a mais do que a meta de R$ 354 milhões estipulada pela Sefaz para o mês.

O desempenho demonstra o esforço fiscal da pasta que empurrou a arrecadação no governo de Wanderlei Barbosa em novembro a apresentar-se 18,7% superior aos R$ 375 milhões de novembro de 2020.

Os R$ 475 milhões de novembro, por sinal, são também 18% mais que os R$ 377 milhões de arrecadação de ICMS em outubro deste ano. Um resultado R$ 68 milhões acima do verificado no mês passado.

Aliás, no mês de novembro de 2021, o viés de aumento das receitas se deu em praticamente todos os impostos. No IPVA a elevação foi de 10,27% (em relação a novembro/2020), no ITCD 35,99% a mais e 43,08% nas demais receitas.

Deixe seu comentário:

Ponto Cartesiano

O presidente da Comissão Especial do Impeachment, deputado Elenil da Penha, decidiu seguir o bom senso e consertar a confusão que o Legislativo havia aprontado com o...

Não parece ser coisa séria. Vence nesta terça-feira o prazo de quinze dias para o governador afastado Mauro Carlesse protocole sua defesa no processo de imp...

O governo fecha 2021 nesta sexta com números indiscutivelmente demonstrativos de saúde financeira e de cumprimento acima das metas fiscais e fin...