Em mais uma ação do Programa de Fortalecimento da Educação (PROFE), o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), pagou neste sábado, 2, a primeira parte da bolsa permanência, batizada de ‘Presente, PROFE’, para os 4.081 estudantes do 9° ano do ensino fundamental e das três séries do ensino médio integral que atenderam aos requisitos do programa.

Neste sábado, foram pagas três parcelas de R$ 100 referentes aos meses de agosto, setembro e outubro, totalizando R$ 300. Ainda neste ano, será paga mais uma parcela de R$ 100, referente ao mês de novembro, e, em dezembro, será pago o valor de R$ 500, fechando o programa em 2023.

A partir de 2024, o ‘Presente, PROFE’ será pago em nove parcelas de R$ 100,00 e uma, ao final do ano letivo, no valor de R$ 1.000,00, mediante o cumprimento das condicionantes previstas pelo programa.

O ‘Presente, PROFE’ tem por finalidade proporcionar e/ou ampliar condições de permanência e qualidade dos indicadores dos estudantes em tempo integral, por meio de apoio financeiro. Os critérios que devem ser atendidos para que o estudante possa ser beneficiado pelo programa constam no Decreto n° 6.667 de 29 de agosto de 2023.

O governador Wanderlei Barbosa destacou que a ação demonstra o comprometimento da gestão atual com a educação. “Com esse programa, estamos combatendo a evasão escolar. Esse é o nosso compromisso, ofertar uma educação de qualidade e condições para que esses meninos e meninas tenham um futuro cada vez melhor”.

O secretário de Estado da Educação, Fábio Vaz, também ressaltou o compromisso da gestão atual com a educação. “Com o ‘Presente, PROFE’, o Governo do Tocantins reafirma seu compromisso com a educação de qualidade, consolidando o PROFE como um instrumento para o fortalecimento do sistema educacional do Estado. Já avançamos muito neste ano e em 2024 teremos ainda mais ações que beneficiarão todo o território tocantinense”.

PROFE

O Programa de Fortalecimento da Educação (PROFE) visa promover avanços na educação básica pública de todo o Estado. Até 2027, o PROFE prevê investimentos em obras, tecnologia, valorização dos servidores, apoio aos municípios, entre outras iniciativas para alavancar os indicadores educacionais.

O PROFE é desenvolvido pela Seduc, e a metodologia é dividida em oito eixos norteadores: aprendizagem; educação tecnológica e inovadora; investimentos e infraestrutura; desporto e cultura; educação inclusiva; formação dos profissionais da educação; valorização dos profissionais da educação; e PROFE nos municípios.

Deixe seu comentário:

Estado

Os candidatos que tiveram suas solicitações de isenção deferidas no Concurso Público do Quadro Geral do Município de Palmas pre...

O empresário, cristão evangélico e ex-presidente da Juventude no município, Thiago Paulino, 31 anos, assumirá a Secretaria de Desenvolvimento Eco...

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 5ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC -Guaraí), concluiu nesta sex...