O secretário de Finanças de Palmas, Rogério Ramos, realçando no finalzinho do ano as razões pela excelência fiscal do tesouro metropolitano. Conseguiu abocanhar mais R$ 2 milhões do governo federal hoje cumprindo exigências da União criadas justamente para não repassar os recursos. Explico: a União publicou ontem prazo para governos e prefeituras receberem recursos, bastando fazer declaração de renúncia de ações judiciais contra a Lei Kandir (o governo havia sancionado ontem o projeto do ressarcimento). Detalhe: a determinação foi publicada no DOU de ontem. De outro modo: só os atentos às publicações oficiais no finalzinho ano poderiam ter conhecimento. Rogério Ramos e a prefeita Cínthia não comeram poeira.

Deixe seu comentário:

Ponte Aérea

DEM: meio a meio

27/01/2021

A crise no Democratas não influenciará nos votos do partido no Tocantins na eleição da presidência da Câmara dos Deputados. A presidente reg...

A defensora pública Estellamaris Postal assumiu ontem o cargo de Defensora Geral do Estado para o biênio 2021/2023.  Uma das pioneiras da Capital e da pr&...

Em se plantando

23/01/2021

O vice Wanderlei Barbosa recebendo prefeitos e coletando demandas municipais. Começa a fazer o que implementou em favor de Mauro Carlesse quando o governador era ainda pre...