Certas questões são bastante curiosas. Há anos emissoras de rádio e TV, portais e que tais, expandem (fazendo o seu papel de vocalizador da população) problemas criados (ou não solucionados) pelo poder público (Estado e municípios).

Um deles é fatal: é só esperar a época das chuvas. É o problema de parte da população da região Sudeste no Estado para a travessia do rio Manoel Alves. As imagens da balsa e das cordas que a impulsionam nas cheias são reveladoras do descaso.

Nas últimas três décadas, todo candidato a deputado, senador ou governador não faltou em prometer uma ponte que aliviasse os moradores da região da velha balsa entre Santa Rosa e São Valério. Bem como os gritos dos produtores da região para alcançar as rodovias.

Ontem o governo anunciou o encerramento do processo de licitação da ponte e Mauro Carlesse deve assinar a ordem de serviço (conforme a Infraestrutura) nos próximos dias.

Com recursos do Banco Mundial. Um empréstimo que também estava aí, parando e seguindo, há mais de dez anos.

A não ser por reverberação de pres-releases do governo, se fez um silêncio pundonor total.

Deixe seu comentário:

Ponto Cartesiano

 O volume de notas fiscais emitidas no Estado (de competência da Secretaria Estadual da Fazenda) somaram em 2020 o montante de R$ 164 bilhões e 168 mil...

Os deputados retomam a discussão sobre a criação de novos municípios no Estado.  Extraindo a inoportunidade do debate (Estado deve registrar nes...

O governo vai pagar os salários de fevereiro do funcionalismo no sábado. Segue o compromisso mantido por Mauro Carlesse desde a interinidade no governo até hoj...