Nem bem o secretário da Fazenda, Sandro Henrique, deixava o Legislativo, o deputado petista Zé Roberto cobrava da tribuna na tarde ontem uma discussão com servidores públicos de proposta de pagamento, por parte do governo, de passivo dos servidores. Justificativa: a elogiada situação financeira do governo apresentada pelo Secretário na Comissão de Finanças três horas antes. Nada sobre aplicar em ações públicas num Estado que investe menos de 5% das receitas, consumindo 95% das receitas no seu próprio custeio.

Deixe seu comentário:

Ponte Aérea

Sem surpresa

15/01/2021

Não foi nenhuma surpresa a recondução do secretário de Finanças, Rogério Ramos, ao cargo. de vice-presidente do Conselho Federal de Adm...

Bolsonando ou não

14/01/2021

Ao acompanhar o partido e seguir com o senador Rodrigo Pacheco (o candidato de Bolsonaro) na disputa pela presidência do Senado, a senadora Kátia Abreu, por gra...

Não tenho curso superior mas administro o Estado,disse ontem o governador Mauro Carlesse solidarizando-se com o discurso do novo presidente da Adapec, Paulo Lima. Car...