Os esforços da Prefeitura de Palmas, por meio da Superintendência de Contabilidade, em aprimorar a qualidade das informações contábeis e fiscais e contribuir para melhores índices de transparência pública foram reconhecidos pela Secretaria Nacional do Tesouro Nacional (STN), que divulgou, nesta semana, o Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal 2024 no Siconfi, sistema responsável por mensurar a consistência dos dados. A Capital ficou em 1° lugar entre as cidades tocantinenses, atingindo o índice de 96,68% nas verificações realizadas. 


Já entre as 11 capitais brasileiras que conquistaram o selo Nota A da STN, Palmas ocupa, atualmente, a 7ª posição. O salto qualitativo da Capital tocantinense subiu exponencialmente em relação aos anos anteriores, demonstrando que a contabilidade do Município não tem poupado esforços no sentido de desenvolver boas práticas de gestão contábil, que promovam conceitos como informação pública acessível, transparência, democracia e estímulo ao controle social exercido pelos cidadãos. 


Segundo a superintendente de Contabilidade Geral de Palmas, Caroline Marques Cavalheiro Moura, a divulgação do ranking representa a validação do trabalho realizado pela equipe da contabilidade municipal. “Os demonstrativos contábeis refletem o trabalho da atual gestão, bem como a valorização pela prefeita Cinthia Ribeiro e pela secretária municipal de Planejamento e Desenvolvimento Humano, Mila Jaber, dos profissionais da área de Contábeis. É a culminância de um trabalho realizado por esta equipe que sempre esteve no seu grau máximo de excelência”, disse. 


Ranking Siconfi


O Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) é uma iniciativa promovida pelo Tesouro Nacional como parte do Novo Ciclo de Cooperação Federativa e visa reconhecer e premiar os entes pelo envio de informações contábeis consistentes e de qualidade, fomentando a transparência e a melhoria da qualidade dos dados sobre as contas públicas. 

A iniciativa classifica os entes da Federação atribuindo notas e percentuais nos níveis municipal, estadual e entre as capitais dos estados. Em 2020, quando foi criado, os entes eram avaliados com cerca de 30 verificações. Este ano, são verificados mais de 160 itens.  (Com informações da Secretaria Nacional do Tesouro Nacional).

Deixe seu comentário:

Estado

Julho também é mês de alta demanda para a Região Turística Encantos do Jalapão. Nos últimos anos, a região se tornou um dos...

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 63ª Delegacia de Polícia de Paraíso, concluiu nesta quinta-feira, 18, a inv...

O secretário-chefe da Casa Civil, Deocleciano Gomes, representando o governador Wanderlei Barbosa, recebeu na tarde desta quinta-feira, 18, no Palácio Araguaia Gov...