As comunidades tradicionais quilombolas e os pequenos produtores rurais da região sudeste do Estado do Tocantins serão mais uma vez contemplados pelo Governo do Tocantins com a entrega de alimentos. A distribuição das cestas básicas na zona rural é feita pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) em apoio a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), e vai iniciar nesta segunda-feira, 8.  A ação faz parte das medidas emergenciais do Governo Estadual planejadas para minimizar os impactos sociais das famílias em situação de vulnerabilidade provocadas pelo novo Coronavírus. Já os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO). 

 

Nesta força-tarefa a previsão é contemplar 1.764 famílias dos municípios de Almas, Arraias, Chapada de Natividade, Dianópolis, Natividade, Novo Jardim, Paranã, Porto Alegre, São Valério e Taguatinga, num total de 67 entidades. 

 

“Estamos na segunda etapa de entregas e esta já é também a segunda região contemplada. Começamos pela região do Bico do Papagaio, em dezembro, onde realizamos a entrega de 5.962 cestas básicas às famílias carentes, residentes nos assentamentos rurais e agrovilas da região. Para esta força-tarefa já estamos com a equipe toda preparada e equipada para realizar as entregas respeitando todas as normas e medidas de distanciamento, higienização e uso de equipamentos de proteção”, explicou o presidente do Ruraltins, Fabiano Miranda.

 

O secretário da Setas, José Messias Araújo, falou da importância de atuar em colaboração com o Ruraltins e o reforço da Polícia e também agradeceu o empenho do presidente do instituto e das  equipes no apoio à ação de entrega das cestas básicas. “ Já estamos há quase um ano de trabalho, levando os alimentos para diversas famílias, nos assentamentos rurais, nos 139 municípios. São muitas famílias precisando desse auxílio e uma atuação em conjunto com o Ruraltins facilita a logística do atendimento nas comunidades rurais. É uma determinação do governador Mauro Carlesse que os kits de alimentos sejam entregues às famílias vulneráveis, de forma que cheguem à mesa de todos os tocantinenses que necessitam de alimentos nesse momento ``, ressaltou.

 

“A ação emergencial de entrega de cestas básicas teve início em março de 2020 e já são mais de 600 mil famílias atendidas pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), nos 139 municípios'', completou o gestor.

 

Em relação à logística de entrega na zona rural, o vice-presidente José Aníbal Lamattina explica que, para atender todos os assentados e comunidades tradicionais, o órgão conta com equipes já treinadas e atentas aos protocolos de segurança. “Através de planejamento prévio, as entregas irão ocorrer em locais específicos e previamente agendados com os representantes de assentamentos e comunidades tradicionais. "Com isso, as equipes de entrega se posicionarão em pontos estratégicos dentro dos assentamentos, onde as famílias, que já estão cadastradas, poderão buscar sua cesta, obedecendo ao protocolo de proteção e distanciamento social, sem formar aglomerações”, explica.

 

Primeira etapa

 

Somente na zona rural, a ação do Governo do Tocantins beneficiou, na primeira etapa, cerca de 30 mil famílias de 574 assentamentos rurais, comunidades tradicionais e agricultores familiares. Foram visitadas 129 cidades tocantinenses das regiões do Bico do Papagaio (26), sul (16), médio Araguaia (15), sudeste (15), médio Tocantins (21) e Jalapão (8), Alto Araguaia (21), e Centro (7).

 

Transparência e controle

 

A aquisição e a distribuição de mais de 450 mil cestas básicas, por compra direta, fazem parte da ação emergencial do Governo do Tocantins para minimizar os efeitos da pandemia nas famílias mais vulneráveis do Estado. Os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO) e de emendas parlamentares de deputados estaduais.

 

Os processos referentes às aquisições e aos contratos realizados no contexto da Covid-19 estão disponíveis no Portal da Transparência pelo endereço http://www.transparencia.to.gov.br. Para consultar, acesse na página principal a aba azul - Consulta Contratos Emergenciais -, e a aba verde - Gráficos dos Empenhos e Pagamentos -, e informe-se sobre todos os trâmites.

 

É importante ressaltar que compras diretas, ou seja, sem licitação, estão autorizadas pela Lei Federal n° 13.979/2020 – de enfrentamento à Covid-19, somente para atender a situação emergencial provocada pela pandemia.

Deixe seu comentário:

Estado

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou ofício nesta quarta-feira, 14, que será encaminhado à Agência Nacional de Vig...

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, participou nesta quarta-feira, 14, de uma reunião virtual entre os governadores dos nove estados do Con...

O Pleno do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) acatou requerimento do Ministério Público de Contas (MPC/TO) e determinou uma ins...