O Governo do Tocantins segue ampliando a oferta de serviços de Saúde de alta complexidade para a população tocantinense. Araguaína que já é referência em cirurgias cardíacas pediátricas, passa a oferta os procedimentos de cirurgias pediátricas neonatais, serviço disponível após convênio celebrado entre a Secretaria Estadual de Saúde e o Município de Araguaína, que garante os repasses financeiros para pagamento dos procedimentos cirúrgicos realizados no Hospital Municipal Eduardo Medrado.

 

O Estado já repassou, este ano, ao município de Araguaína mais de R$2,6 milhões de reais, referente aos repasses de custeio para os 10 leitos de UTI Pediátrica e realização dos procedimentos cirúrgicos neonatais e pediátricas, em caráter eletivo e de urgência, cirurgias cardíacas neonatais e cirurgias cardíacas pediátricas em caráter eletivo e de urgência.

 

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, ressalta o compromisso do Governador Mauro Carlesse com a Saúde do Tocantins. “Estamos transformando os serviços de saúde pública do Tocantins, que o torna referência para região Norte do país. Hoje além de Palmas, Araguaína é um importante polo de saúde, com recursos do Estado implantamos em Araguaína, UTI pediátricas, cirurgias cardíacas pediátricas e agora as cirurgias pediátricas neonatais. Procedimentos complexos que só eram realizados em outros Estados agora são ofertados aqui, com profissionais altamente capacitados”, disse.

 

As cirurgias pediátricas neonatais são as mais complexas no âmbito das cirurgias pediátricas. A Cirurgia Neonatal é indicada para os bebês portadores de malformações congênitas (que nascem com alguma alteração) e para pacientes prematuros ou não, mas que venham a apresentar complicações que necessitam de tratamento cirúrgico. Estas ocorrências devem ser tratadas pelo cirurgião pediátrico.

 

A Superintendente de Políticas de Atenção à Saúde (SPAS), Juliana Veloso Ribeiro Pinto, explica que as cirurgias pediátricas e neonatais  estão sendo ofertadas em dois polos macrorregionalizados, sendo estes  em Palmas referência para a região macrosul e Araguaína referência para região macronorte. “Os pacientes, após diagnóstico fechado, são encaminhados para a Central Estadual de Regulação dando seguimento aos fluxos operacionais de acesso. Em 2021 já foram realizados trinta procedimentos cirúrgicos, dentre estes, cirurgia cardíaca e cirurgia geral para o público neonato e pediátrico, procedimentos estes, realizados no Hospital Municipal de Araguaína”, disse Juliana.

 

Número 1

O primeiro procedimento cirúrgico neonatal realizado no Hospital Municipal de Araguaína foi feito no pequeno Miguel Santos Vieira, filho de Fernanda Santos Vieira, hoje com três meses de vida. A criança passou por cirurgias para correção da gastrosquise, uma má formação que ocorre durante a gestação, onde não há fechamento completo da parede do abdômen, perto do umbigo, deixando o intestino exposto e em contato com o líquido amniótico, podendo causar infecção e inflamação e trazendo complicações para o recém-nascido.

Deixe seu comentário:

Estado

Uma plantação de mais de sessenta pés de maconha, localizada na zona rural da cidade de Palmeirópolis foi localizada e destruída pela Pol...

O auditório do Sebrae em Dianópolis recebe na noite da próxima segunda-feira, 20, às 19h30, o lançamento do Programa Empreender no mun...

Romper as amarras políticas partidárias com independência e luta pela advocacia tocantinense foi o tom da noite de lançamento do Movimento Uma Nova Ord...