Crédito: Assembléia Legislativa/to

Para o ex-deputado estadual Paulo Mourão (PT) - que já foi presidente da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados - a decisão de intervenção de forma abrupta na Petrobras "é mais um lamentável equívoco do Sr Presidente Bolsonaro, visto que não resultará em nenhum resultado sobre os preços dos combustíveis a médio e longo prazo". Segundo Mouão, mudar o Presidente da Petrobras sem justificativas plausíveis acarretará prejuízos grandiosos nos papéis de mercado e valor patrimonial da Petrobras. "Não podemos estimar o tamanho do prejuízo. Em segundo mudar o Presidente da Petrobras sem mudar a Política de combustíveis não afetará os preços para baixo no mercado interno", escreveu avaliou Mourão ao blog.

Deixe seu comentário:

Ponte Aérea

Bônus e ônus

28/02/2021

Se é bom para o governo o crescimento real da arrecadação nos últimos anos, o desempenho pressiona a Secretaria da Fazenda pelo atendimento das rei...

Pauta no DF

27/02/2021

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, esteve reunido na última quinta, em Brasília-DF com o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, e o pre...

Na mosca

25/02/2021

De forma educada, o presidente da Assembléia Legislativa, Antônio Andrade, foi na jugular de parlamentares ontem. Diante de cobranças de deputados à pre...