O presidente Jair Bolsonaro gastou este ano mais dinheiro do cartão corporativo que o ex-presidente Michel Temer. Conforme a Folha de São Paulo, Bolsonaro até novembro uma média de R$ 672 mil mensais contra R$ 442 mil mensais consumidos por Temer no seu último ano de mandato. Bolsonaro gastou também em 2020 mais do que em 2019. Foram R$ 7,8 milhões este ano contra R$ 7,6 milhões do ano passado no cartão corporativo que o presidente, em campanha, disse que eliminaria no seu governo. Temer é hoje aliado do Presidente.

Deixe seu comentário:

Pitaco Rápido - Paulo Antenor

Fortunas

16/01/2021

Mais uma boa argumentação para se levar a sério o Imposto sobre Grandes Fortunas no Brasil: segundo o Ipea, a inflação dos mais pobres em 2020 fo...

Tributos

16/01/2021

Em 2021 o governo federal vai seguindo os passos de 2020: já está no rol das prováveis medidas de ajuda à economia um novo adiamento no recolhimento de...

 A informação não surpreende mas agora é um dado oficial: o IBGE apurou que já em novembro de 2020 a inflação e a red...