Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Estado
  • Radares da BR-513 são verificados pela Agência Estadual de Metrologia
Estado

Radares da BR-513 são verificados pela Agência Estadual de Metrologia

Visando verificar a exatidão das medições efetuadas pelos instrumentos medidores de velocidade (radares), a Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), realizou a Verificação Anual Periódica de sete radares fixos ao longo da BR-153, na região centro-norte do Tocantins.

A ação aconteceu no período de 8 a 10 de julho, com a verificação dos equipamentos medidores de velocidades, nas proximidades das cidades de Miranorte, Guaraí, Rio dos Bois, Santa Rita, Presidente Kennedy e Aliança do Tocantins. Durante o processo de verificação, o trânsito foi isolado e contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Atendendo ao Regulamento Técnico Metrológico, aprovado pela Portaria Inmetro nº 544/2014, é obrigatória a verificação de radares de velocidade uma vez por ano ou todas as vezes que o equipamento passar por algum tipo de reparo.

De acordo com o presidente da AEM, Rérison Antonio Castro Leite, a ação de verificação de radar é fundamental. “As barreiras eletrônicas são consideradas como itens de seguranças nas rodovias, alertando aos usuários sobre os limites de velocidade nas vias, anteriormente testados e comprovados”, destaca o presidente.

Processo de Verificação

Para fazer a vistoria dos radares, um veículo oficial da AEM passa pelo medidor de velocidade, em média cinco vezes, com um aparelho que é calibrado pelo Inmetro e que ao passar pela barreira eletrônica, compara a velocidade fornecida pelo radar com a do veículo. De acordo com os dados encontrados na vistoria, com base nessa equiparação, o radar pode ser aprovado ou reprovado.

Quando ocorre a reprovação dos medidores de velocidade, eles não podem ser utilizados até que a empresa responsável realize as adequações necessárias.

Os radares de trânsito são aparelhos que monitoraram o tráfego de veículos e identificam quando um deles circula acima do limite estabelecido para a via em questão. Para o funcionamento, devem ter seu modelo aprovado pelo Inmetro, atendendo à legislação metrológica em vigor e aos requisitos estabelecidos na resolução do Contran.

Verificação Anual Periódica

O objetivo da ação é atestar a leitura dos medidores de velocidade para veículos automotores em conformidade com a velocidade permitida nas rodovias, bem como verificar se a velocidade que os radares marcam dos veículos que estão passando por ele está correta e se estão de acordo com o verificado Inmetro.

Vale ressaltar que as velocidades permitidas são determinadas considerando a segurança do trânsito e dos motoristas, passageiros, pedestres e ciclistas.

No Tocantins, todos os radares fixos estão em pleno funcionamento. “Visamos sempre considerar a segurança da sociedade e as operações metrológicas asseguram que os radares estejam funcionando e cumpram sua missão de manter o motorista atento aos limites das vias”, informa Rérison.

Posts relacionados

Polícia Civil prende suspeitos de roubo e receptação

luizarmandocosta

Em entrevista exclusiva, Siqueira Campos diz que Palmas integrou e fortaleceu a economia do Tocantins

luizarmandocosta

Polícia Civil no interior do Estado

luizarmandocosta

Deixe seu comentário