O deputado federal Vicente Jr atribuiu a equívoco e erro grotesto de sua assessoria jurídica os termos da peça em que o parlamentar recorre de decisão em ação contra a prefeita Cínthia Ribeiro.

Em artigo publicado ontem, o blog apontou a forma empregada pelos advogados para refutar sentença da Justiça Eleitoral contra o parlamentar. (https://www.luizarmandocosta.com.br/que-falta-nao-faz-um-livro-de-logica-e-de-filosofia-para-derrubar-multa-da-justica-eleitoral-defesa-de-vicente-jr-aponta-sua-bazuca-na-direcao-de-jornalista-que-nao-tinha-nada-a-ver-com-o-pato/)

O deputado acrescentou nesta quinta a este blog que procurou o jornalista Lailton Costa para pedir desculpas pelos trechos da peça jurídica que trata o profissional como algoz. "Não sou perseguidor, foi um erro grotesco de nossos advogados", salientou o parlamentar.

Vicente Jr realça que intolerência não faz parte de sua conduta tanto política como pessoal. " Você me conhece, sabe de onde venho, das minhas origens", ressaltou o deputado que diz respeitar Lailton Costa pelo seu trabalho profissional e também como cidadão.

Deixe seu comentário:

Destaque

O deputado Arthur Lira visitou nesta segunda o governador Mauro Carlesse. O encontro foi no Palácio Araguaia. Lira roda o país atrás de votos dos deputados fed...

O líder do governo na Assembléia, deputado Ivory de Lira, deu hoje sua contribuição à possibilidade de atraso na votação da Lei Or&...

A Secretaria de Saúde apresentou ontem o relatório do segundo quadrimestre de 2020 aos deputados.  Pelo números, a Saúde no Estado pode fechar o an...