O superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, defendeu esta semana ao blog a necessidade de acompanhamento da população e dos parlamentares do cumprimento, pelo Ministério da Infraestrutura, da recomendação do Tribunal de Contas da União na licitação da duplicação da BR-153. Ele realçou os termos de correspondência encaminhada por três federações de produtores do Estado à presidente do TCU, Ana Lage. O documento é assinado por Roberto Pires (presidente da Fieto), Itelvino Pisoni (da Federação do Comércio), Paulo Carneiro (Federação da Agricultura) e Fabiano do Vale (Federação das Associações Comerciais do Estado). No documento, os dirigentes cobram antecipação de investimentos no Tocantins e que isto não redunde em aumento de pedágio.

Deixe seu comentário:

Ponte Aérea

Ação necessária

12/06/2021

O deputado Ricardo Ayres no seu movimento político. Pode disputar vaga na Câmara dos Deputados. Enquanto isto vai pavimentando o caminho. Conseguiu esta semana lib...

Derrapada "ciliar

10/06/2021

Uma nota aqui ontem "causou". Tudo porque não expliquei o uso do vocábulo cílio para ligar ao projeto da deputada Luana Ribeiro de criar o Dia Est...

Cílios postiços

09/06/2021

A comunicação da Assembléia Legislativa complicando para a deputada Luana Ribeiro. Publicou na sua página que a deputada haveria proposto ontem um Pro...