Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Nacional
  • Polícia procura 17 homens que fugiram de penitenciária em Araguaína
Nacional

Polícia procura 17 homens que fugiram de penitenciária em Araguaína

Dezessete presos que fugiram da penitenciária Barra da Grota, em Araguaína (TO), há dois dias, continuam foragidos, mas não há mais reféns.

Na tarde de ontem (4), a professora Elisângela Mendes Sobrinho e o chefe de plantão do presídio, Roberto Aires, foram deixados no povoado conhecido como Água Amarela, a cerca de 7 quilômetros da cidade. Eles ficaram mais de 24 horas em  poder dos foragidos.

Elisângela e Roberto Aires eram as últimas pessoas feitas reféns durante a rebelião que ainda estavam sendo procuradas pela polícia. Um dos presos que estava ferido também foi encontrado no local.

Outros dois agentes penitenciários foram levados pelo grupo durante a fuga, mas conseguiram escapar no mesmo dia depois de um tiroteio. No confronto com policiais, dez presos foram mortos. Ao todo, eram 28 fugitivos.

Policiais militares e civis e agentes da Secretaria de Segurança Pública de Tocantins continuam as buscas. A maior parte dos detentos cumpria pena por latrocínio e roubo, segundo agentes da delegacia local.

Posts relacionados

Beneficiária com Parkinson tem direito a home care, ainda que não previsto contratualmente

luizarmandocosta

Força-tarefa da Lava Jato: é preciso discutir “excessos” de Gilmar

luizarmandocosta

Cronograma de liberação do FGTS será divulgado nesta segunda-feira

luizarmandocosta

Deixe seu comentário