Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Estado
  • Lavrador é condenado a 18 anos por feminicídio em Araguaçu
Estado

Lavrador é condenado a 18 anos por feminicídio em Araguaçu

O Tribunal do Júri da Comarca de Araguaçu condenou, nesta terça-feira (04/12), o lavrador Ronair Barreto Lima pelo crime de feminicídio, praticado contra a própria esposa. Na sentença, o juiz Nelson Rodrigues da Silva fixa a pena do réu em 18 anos de reclusão.

Conforme consta nos autos, em julho deste ano, após discutir com a companheira, o réu agrediu Rosilene Pinheiro de Souza com uma faca; as lesões causaram a morte da vítima. Para o Conselho de Sentença, Ronair cometeu o crime de homicídio, conforme o previsto no artigo 121 do Código Penal, parágrafo 2º, incisos IV (recurso que dificultou a defesa da ofendida) e VI (contra mulher por razões da condição do sexo feminino), assim como o previsto no parágrafo 2º- A, inciso I (violência doméstica e familiar) e a Lei 8.072/90 (crime hediondo).

Ao proferir a sentença, o magistrado que presidiu o Júri levou em consideração os antecedentes criminais do acusado e a conduta social “reprovável” do réu. Ronair Barreto Lima foi condenado a 18 anos e nove meses de reclusão, em regime fechado.

Confira a sentença.

Posts relacionados

Ataídes garante apoio do prefeito de Porto Nacional, o quarto maior colégio eleitoral do Tocantins

luizarmandocosta

Com adesões de lideranças políticas e populares em todas as regiões, Amastha chega forte na semana decisiva

luizarmandocosta

Polícia Civil prende duas mulheres suspeitas de tráfico de drogas em Lagoa da Confusão

luizarmandocosta

Deixe seu comentário