Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Estado
  • Governador determina interdição da ponte de Porto Nacional: “A vida é prioridade”
Estado

Governador determina interdição da ponte de Porto Nacional: “A vida é prioridade”

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, esteve na manhã desta quinta-feira, 7, em vistoria na ponte de Porto Nacional, na TO-255. O Chefe do Poder Executivo viu de perto a atual situação da superestrutura e determinou que a ponte seja interditada, de acordo com o cronograma já divulgado pela Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), para que sejam feitos os estudos necessários.

“A ponte está interditada para que os técnicos possam trabalhar e nós tenhamos segurança para tomar a decisão que não coloque vidas em risco, afirmou o governador.

Ao ser questionado pela imprensa sobre os impactos financeiros que o município de Porto Nacional pode sofrer com a interdição, o governador ressaltou que sua prioridade é preservar vidas e evitar uma tragédia. “Entendo a situação, mas é preciso primeiramente preservar a vida das pessoas, essa é nossa prioridade. A interdição será mantida somente enquanto são feitos esses estudos e não podemos colocar a vida de ninguém em risco”, explicou.

O governador disse ainda que os ajustes que estão sendo promovidos nas contas públicas, são para viabilizar a captação de recursos que possibilitarão a construção de uma nova ponte em Porto Nacional. “Por isso estamos fazendo essa reforma, para reenquadrar o Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal, para levar o Tocantins para a letra “B” [da Secretaria do Tesouro Nacional], para termos acesso ao financiamento da Caixa Econômica Federal. Nós vamos construir uma nova ponte”, assegurou.

Acompanharam o governador, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antônio Andrade;o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia; o secretário da infraestrutura, cidades e habitação, Renato de Assunção; o presidente da Ageto, Virgílio da Silva Azevedo; O comandante geral do Corpo de Bombeiros; coronel Reginaldo Leandro da Silva.

Posts relacionados

Vereador Rogério Santos apresenta projeto de lei que cria vaga exclusiva para transporte escolar nos colégios

luizarmandocosta

Governo diz que conclui pagamento de servidores referente ao mês de outubro nesta sexta

luizarmandocosta

Polícia Civil prende suspeito de roubos e homicídio tentado em Miracema do Tocantins

luizarmandocosta

Deixe seu comentário