Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Versátil - Mariah Soares

Categoria : Versátil – Mariah Soares

Versátil - Mariah Soares

Krahô

luizarmandocosta
O filme “Chuva é cantoria na aldeia dos mortos” será exibido neste sábado, 13, no Cine Cultura de Palmas, às 19h. O ingresso custa R$ 12,00.  Premiado no Festival de Cannes, com o Prêmio Especial do Júri da mostra Un Certain Regard, a fita será exibida em sessão especial. Os diretores João Salaviza e Rennée Nader Messora estarão presentes na sessão. A narrativa do filme mostra aspectos da cultura do povo Krahô e foi rodado na Aldeia Pedra Branca, município de Itacajá (TO).
Versátil - Mariah Soares

Inventividade

luizarmandocosta
Um conjunto de 32 obras fazem parte da mostra “Frases Fracionadas”, do artista plástico Marcos, aberta ao público até 05 de maio, no Salão de Exposições do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, em Palmas. A exposição  é composta por 25 telas em pigmentos naturais sobre tela e objetos, como vasos em cerâmica revestidos com pigmentos naturais. Como o próprio nome sugere,  as obras são de diferente fases da trajetória do artista, que prima pela inventividade.
Versátil - Mariah Soares

Comicidade

luizarmandocosta
A talentosa atriz palhaça Ester Monteiro da Silva, a Palhaça Tapioca, foi convidada a escrever na revista “Palhaçaria Feminina”, de Chapecó (SC). Publicando textos escritos por mulheres, a revista é uma interessante experiência refletindo sobre aspectos da arte da palhaçaria e comicidade  feminina. Michele Silveira é a editora da revista. Palhaça mambembe da cultura popular, pesquisadora da comicidades feminina, Ester está no Tocantins há oito anos, trazendo esta  saborosa palhaçaria que trabalha a comicidade feminina.
Versátil - Mariah Soares

Trilha

luizarmandocosta
A Música é a linguagem complementar do cinema, o amparo para que haja emoção no desenrolar da trama. A banda sonora de uma película é um filme paralelo. A trilha sonora de uma produção cinematográfica é a base para a sustentação e a lembrança da narrativa na memória do espectador. No filme “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), de Glauber Rocha, a música é pulsante e dá vida à imagem. Premiado em vários festivais, como O Grande Prêmio no I Festival Internacional de Cinema de Porreta, na Itália, em 1964,
Versátil - Mariah Soares

Cordel

luizarmandocosta
Inspiradas na literatura de cordel, as letras de “Deus e o Diabo na Terra do Sol” foram escritas pelo próprio Glauber Rocha e alguns versos são autênticos de cantadores do sertão nordestino. Sérgio Ricardo as musicou e é o intérprete na história, que também tem canções de Villa Lobos. A trilha sonora da película contribuiu para Glauber Rocha imprimir o seu estilo inovador, criando identidade da música rompendo com a forma clássica do uso da canção no cinema feito no Brasil nos anos 50.
Versátil - Mariah Soares

A Flor do Meu Segredo

luizarmandocosta
O clímax  no cinema é o momento em que a protagonista fica frente à frente com o seu maior conflito. No filme “A Flor do Meu Segredo”(Pedro Almodóvar), o climax surge na sequência que Paco(Imanol Echanove)  deixa LéoMacias (Marisa Paredes). Quando Paco desce as escadas, Leo é colocada toda a prova com os seus maiores conflitos– a solidão e o medo do abandono. A personagem vai ao “extremo”. É como se Léo se visse impotente diante do abismo.
Versátil - Mariah Soares

Outro Plano

luizarmandocosta
Outro plano magnífico do filme é quando Leo, na Aldeia com sua mãe, senta-se com as outras mulheres para conversar e fazer rendas. O plano é de uma força poética fantástica, pelo poder restaurador que imprime na personagem, que se fortalece quando se aproxima da história de sua mãe ou seja, das suas próprias raízes. A mãe aparece metaforicamente como a memória sutil do tempo com toda sua força restauradora.
Versátil - Mariah Soares

Palacinho

luizarmandocosta
Em reunião, ocorrida esta semana em Palmas, pessoas de vários segmentos se uniram com o objetivo comum de apresentar para a elaboração do projeto “Amigos do Palacinho”, que prevê restauração do prédio, tombado pela Lei Estadual nº 431 de 28 de julho de 1992,  manutenção,  criação de um parque urbano no entorno, elaboração de um calendário deeventos e expansão da marca Palacinho. Wagner Praxedes é o autor da ideia inicial do projeto.
Versátil - Mariah Soares

Ruim, mas nem tanto

luizarmandocosta
Fechada há mais de um ano por falta de espaço, a Academia Tocantinense de Letras(ATL) está jogada às traças, mas em breve deve reabrir.  Comenta-se nos bastidores que a ATL funcionará   na área do Palacinho. Além da falta de espaço, parte do acervo literário se perdeu na peregrinação da ATL, que  funcionou em vários espaços até chegar a tal ponto. Atualmente, a ATL é presidia por Mary Sônia Matos Valadares.
Versátil - Mariah Soares

O Tocantins está pra peixe

luizarmandocosta
O Tocantins está na revista Globo Rural de fevereiro último, na matéria de capa sobre piscicultura brasileira com destaque para a tilápia. O CEO da Aquabel Ricardo Neukirchner destaca a potencialidade do crescimento da produção de tilápia no Brasil. Há mais de um ano uma unidade da Aquebel está em Brejinho de Nazaré produzindo alevinos de tilápia – especialidade da Aquabel. A perspectiva do EW Group, grupo que a Aquabel faz parte, pretende inaugurar  no Tocantins, o GenoMar Genetics, com perspectiva de ser o principal  centro de genética de tilápia do mundo.