Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Home
  • Ponto Cartesiano
  • Arrecadação de ICMS de janeiro a julho de 2019 é 22% superior ao mesmo período de 2018. Um crescimento real de cerca de 18%!!
Ponto Cartesiano

Arrecadação de ICMS de janeiro a julho de 2019 é 22% superior ao mesmo período de 2018. Um crescimento real de cerca de 18%!!

O fechamento da arrecadação de ICMS do mês de julho de 2019 (R$ 244,1 milhões) revela um crescimento real de receitas no setor nos primeiros sete meses do ano comparados com o mesmo período de 2018.

De janeiro a julho de 2019, entraram de receita de ICMS no tesouro estadual R$ 1 bilhão e 959 milhões. O montante é 22% superior aos R$ 1 bilhão 603 milhões do mesmo período de 2018.]

Como a inflação no período (IBGE) ficou na casa dos 3,40% tem-se aí um crescimento real na arrecadação de ICMS  jan/jul/2018 – jan/jul/2019 de 18%.

Se considerarmos janeiro a julho de 2017, o aumento da arrecadação é maior ainda. Nos primeiros sete meses de 2017, o governo arrecadou de ICMS o equivalente a R$ 1 bilhão e 403 milhões.

De 2017 a 2019, portanto, um crescimento de 39,8% na arrecadação de ICMS, considerados os períodos de janeiro/julho 2017 e janeiro/julho/2019. Como a inflação no período foi de cerca de 7%, um crescimento real de 32% no triênio.

Posts relacionados

Roberto Pires: queda da projeção de crescimento do PIB pode atingir, ainda que em menor escala, a indústria e a economia do Estado

luizarmandocosta

Governo decreta o quarto contingenciamento da gestão Mauro Carlesse: R$ 321 milhões. Corre atrás de diminuir o déficit que a execução orçamentária projeta

luizarmandocosta

Governo terceiriza responsabilidades ao editar lei proibindo ele mesmo de contratar. Delegados que se cuidem que nessa toada pode afrontar a inamovibilidade de dirigente sindical!! Deputados? Ah, os deputados!!!

luizarmandocosta

2 comentários

CARLOS ALBERTO RODRIGUES 14 de agosto de 2019 at 6:08 pm

O QUE ADIANTA O FISCO AUMENTAR NOMINALMENTE A ARRECADAÇÃO, SE O GOVERNO NÃO RECONHECE O ESFORÇO E O EMPENHO DOS AUDITORES, NÃO CUMPRE AS PROMESSAS COM A CATEGORIA, PROMETE E NÃO HONRA A PALAVRA, DEVE E NÃO PAGA ESSE FOI O PIOR GOVERNADOR ATÉ O MOMENTO QUE JÁ OCUPOU O PALÁCIO ARAGUAIA, INFELIZMENTE O ESTADO ESTÁ EM CRISE POR MÁ GESTÃO, NÃO PODE O FISCO PAGAR A CONTA, E MAIS PELO VISTO VAI DEMORAR MUITO A SANAR AS FINANÇAS E ATÉ LÁ OS SERVIDORES E QUE PAGAM O PATO, EMPURRAM A CONTA PRA QUEM TRABALHA E NÃO MERECE RECEBER A FATURA.

Reply
CARLOS ALBERTO RODRIGUES 15 de agosto de 2019 at 12:10 pm

APESAR DO ESFORÇO EMPREENDIDO PELOS AUDITORES FISCAIS, INFELIZMENTE O GOVERNADOR E SEU SECRETÁRIO DA FAZENDA NÃO RECONHECE O TRABALHO DO FISCO TOCANTINENSE, POIS NÃO CUMPRE E NÃO HONRA A PALAVRA COM A CATEGORIA, PROMETE E NÃO CUMPRE , NÃO PAGA O QUE DEVE, NINGUÉM VIVE DE PROMESSAS, ESSE MODO DE TRATAMENTO TEM TRAZIDO UM DESCRÉDITO DO SECRETÁRIO E DO GOVERNO JUNTO A TODOS OS AUDITORES QUE COMEÇAM A DESANIMAR DIANTE DA FALTA DE RESPEITO E TRATAMENTO DISPENSADO A CLASSE.

Reply

Deixe seu comentário